Sobre Bicicletas

A bicicleta foi inventada no século 19 na Europa, sendo que desde então ela teve um impacto histórico e cultural inestimável no mundo todo, revolucionando não só a tecnologia e o transporte como também aspectos sociais e recreativos do ser humano.

Durante muitas décadas a bicicleta foi usada como brinquedo para criança, uso policial e militar, pelos correios, para exercícios físicos e competições esportivas, sendo que em muitos locais do mundo ainda é o veículo e meio de transporte predominante. Na verdade de acordo com um levantamento feito em 2003 mais de um bilhão de bicicletas haviam sido construídas mundialmente até o momento, um número maior do que o dobro de carros existente até então.

Desde a sua criação em 1885 o veículo passou por diversas mudanças no seu design e estilo, se adequando a novas tecnologias e localidades. Uma evolução com mais de 20 anos levou a criação da bicicleta como conhecemos, com diversos inventores de partes diferentes do mundo criando e mudando modelos para se adequar aos seus estilos e aos avanços feitos pela tecnologia do mundo, incorporando novos matérias e designs que valorizavam a velocidade, peso e ergometria dos veículos.

Na verdade as bicicletas foram tão inovadoras em seus sistemas de transporte que são as responsáveis pela criação e melhoria de diversas peças essenciais dos automóveis, como pneus verdadeiramente pneumáticos e rodas com aros internos.

Apesar disso parece constante existir uma competição entre ciclistas e motoristas de carros, fazendo com que ambos disputem espaço nas ruas. Com o passar dos anos diversos países da Europa tem incentivado o uso de bicicletas como um meio de transporte alternativo, principalmente nas áreas mais antigas ou de grande transito como os centros de suas cidades. Recentemente o Brasil tem aderido cada vez mais a essa tendência com as ciclovias, faixas destinadas a bicicletas, indo além das cidades costeiras e marcando presença em grandes metrópoles como São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *